quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Ainda Pulsa

Preciso de algo pra recarregar minhas pilhas. Algo que seja, de fato, efetivo. Porque as pilhas eu tenho mas meu carregador atual não funciona mais tão bem quanto antes e logo, logo elas descarregam. Preciso de algo que me mantenha impulsionado, que não me permita mais desperdiçar minha energia com o nada e que me torne novamente produtivo e aproveitador de tudo. Só queria poder de novo viver a sábia filosofia de Horácio e aproveitar o meu dia em um carpe diem enterno. Como também alguém já cantou em uma música que minha memória cada vez mais seletiva não me permite lembrar.


É madrugada e ainda vai demorar um pouco pro sol se erguer de seu majestoso aposento. Também vai demorar pra eu sair do meu. Como já disse, meu caregador não funciona tão bem quanto antes e ainda não encontrei algo pra poder substituí-lo; apesar de ter uma breve certeza do que poderia ser. Eu só me preocupo com o andar dessa história. Com o final dessa busca. Porque eu espero de fato que esta tenha um fim. Eu não suportaria...Mas o que fazer até lá? O que fazer até que essa busca acabe e eu encontre minha razão de querer levantar mais cedo sem reclamar? Só não aceito continuar assim, nessa inércia continua e sem vontade, sem vida e sem clamores. Sem amores? Seria isso o necessário para romper minha inércia? O insano motivo que me tiraria da cama em uma manha fria - e me colocaria nela em uma noite tão fria quanto? Se é ou não é, estou disposto a descobrir. Mas não posso negar o quão tentador é esse motivo. O quão bom seria poder justificar com uma única palavra a insanidade de sair na chuva gelada pra comprar tortinhas de limão. Afinal, o que o amor não consegue justificar? O que é que o amor não consegue impulsionar? Não consigo lembrar de nada que diga o contrário. Culpa da minha memória insuportavelmente seletiva? Não... o amor fala por si.

2 comentários:

Filipe disse...

seria tão fácil se todos as nossas cargas realmente depende-se dos "carregadores" alheios... mas infelizmente não é... carregue a si mesmo, nem que seja um pouquinho em cada dia!

gse disse...

THOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMAS
VENKVEM que te dou algo com
o que te impulsionares. HOHOH

saudades
<3


Dag.