sexta-feira, 6 de maio de 2011

A Descoberta do Amor

trecho do texto A Descoberta do Amor, por Thomas Victor Maciel.

[...]

Sabe quando se perde um amor? Será mesmo que sabia eu o que era perder um amor? Mas me parecia tão simples. Não, não era. Perder um amor não é como perder um pé de meia ou o caminho de casa. Bom, isso eu já sabia, mas ainda me martelava a pergunta-chave: o que era perder um amor? Recostei-me a um banco qualquer por onde estava e pus-me a pensar, a imaginar, a lembrar. A solidão bafejou suavemente em meu peito. Lembranças. Lembranças do que não tive, e ainda sob a deplorável condição de não ter, havia perdido. Era esta a pior parte. Diferente de perder o já se possui, perder o que não se possui tem um sabor extra de amargor, afinal, quem perde o que já tinha, pelo menos pôde usufruir disto, e desta forma, ser feliz em suas boas lembranças. Mas tristes aqueles que perdem o que nem mesmo chegaram a ganhar. Duas tristezas: a de deixar de conseguir e a de perder o que ganharia. Mas o que ganharia? Amor. Amor?

Sabe quando se perde um amor? 

[...]

dedicado à Tarsila Vieceli,
que conseguiu me convencer de que realmente gostou do texto : )

2 comentários:

Carol disse...

Adorei o texto, de verdade.
Perder um amor.. só se descobre da pior maneira, quando acontece com você.

tarsila disse...

você é LINDO! e esse texto é mais ainda :)) obrigada por ter postado!

beijos técnica do Kit Kat =*